Cairu-Ba: Jovem morre em confronto com a Policia Militar

Por volta das 12h30min, desta segunda, dia 15/10,  foi realizada uma Operação da Polícia Militar, na cidade de Cairu, com o objetivo de resgatar uma jovem que se encontra desaparecida desde a última sexta feira 11. Segundo denúncia anônima, os sequestradores estavam homiziados nas casas populares, as guarnições foram checar a denúncia, e foram recebidas … Leia Mais




TCM aponta irregularidade em contrato da Prefeitura de Cairu

OTribunal de Contas dos Municípios declarou, durante uma sessão nesta quinta-feira (22), que há existência de irregularidades na contratação do posto de combustíveis Salvador Aparecida & Cia através do prefeito de Cairu, Fernando Antônio dos Santos Brito. O conselheiro Paolo Marconi, relator do processo, multou o gestor em R$ 3 mil. De acordo com Paolo … Leia Mais



Cairu: Suspeitos morrem em troca de tiros com a Polícia Militar em Morro

Suspeitos de tentativa de homicídio na localidade de Boipeba, na madrugada de domingo (18), morreram em troca de tiros com a Polícia Militar, na manhã de domingo, nas proximidades da pista de pouso do Morro de São Paulo. A informação foi divulgada pela 33ª CIPM.

Conforme a Companhia, policiais militares se dirigiram para o local após denúncias. Eles pediram que os suspeitos parassem, momento que iniciou uma troca de tiros e foram baleados. Os homens conhecidos por Capote e David foram socorridos ao Posto de Saúde da Gamboa, mas não resistiram.

A Polícia Militar apreendeu dois revólveres calibre 38, sendo um que um deles estava com sete munições deflagradas. As armas foram apresentadas na delegacia.

Nas Malhas da Lei


Aumento de passagem de barco para o Morro de São Paulo revolta moradores da região

Moradores da cidade de Cairu, no sul baiano, procuraram o BNews nesta semana denunciando o aumento, considerado abusivo, na taxa de transporte de barco e lancha entre Gamboa e Morro, na Ilha de Tinharé. A travessia dura cerca de 20 minutos. O novo valor, R$ 2,50, entrou em vigor na segunda-feira (18). A tarifa de utilização dos terminais foi definida pela Transportes Dattoli LTDA, que em dezembro deste ano, após a realização de um contrato emergencial, assumiu a administração dos terminais de  Morro de São Paulo, Gamboa do Morro e Boipeba.

(mais…)


Morro de São Paulo; Incêndio atinge restaurante e pousada, veja o vídeo

O fogo começou por volta das 13h, na Segunda Praia

Um incêndio atingiu um restaurante e uma pousada, em Morro de São Paulo, localidade do município de Cairu, no Sul do estado, no início da tarde desta quinta-feira (12). As chamas no estabelecimento Sambass, que funciona como restaurante e pousada e fica localizado na Segunda Praia, começaram por volta das 13h.

O incêndio no restaurante e pousada Sambas, em Morro de São Paulo, atraiu curiosos (Foto: Reprodução)
“Estávamos na praia, sentados, quando o pessoal da mesa do lado levantou correndo. Fizemos o mesmo, com medo de uma explosão de gás, mas algumas pessoas curiosas fizeram o contrário”, conta o empresário e corretor de seguros Marcelo Borges, 45 anos.

(mais…)


MPF pede prisão de ex-secretária de Cairu e outros três por desmatamento ilegal

260962
O Ministério Público Federal (MPF) em Ilhéus denunciou, no último dia 17 de fevereiro, Bassim Mounssef, Fabiana Andréa Oliveira Pachecho, Petrusca Mello Costa e a empresa ADPK – Administração, Participação e Comércio Ltda por desmatamento ilegal. Os acusados teriam danificado 1,75ha de Mata Atlântica na Área de Proteção Ambiental das ilhas de Tinharé e Boipeba, em Cairu (BA), com o objetivo de construir o condomínio Reserva Morro de São Paulo.
De acordo com a denúncia, a supressão ilegal da vegetação foi possível graças à licença ambiental expedida por Petrusca Mello Costa – então Secretária Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Cairu – baseada em parecer técnico ambiental de Fabiana Andréa Oliveira Pacheco – engenheira ambiental – contendo informações falsas sobre as características ambientais da área. Em outubro de 2016, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) realizou inspeção no local e constatou infração gravíssima — por se tratar de Mata Atlântica em estágio médio e avançado de regeneração, o desmatamento só poderia ocorrer em casos de utilidade pública e interesse social, conforme o art. 14 da Lei nº 11.428/2006; ainda assim, somente com autorização do Inema — o que não existiu. O procurador da República Gabriel Pimenta Alves, autor da denúncia, considerou que a ADPK e seu sócio, Bassim Mounssef, “são os principais autores e beneficiários dos crimes ambientais perpetrados.
Petrusca Costa e Fabiana Pacheco possuem responsabilidade direta pelos crimes, pois “autorizaram a implantação do empreendimento e a supressão da vegetação com base em pareceres e licenças contendo informações falsas, não havendo dúvida que agiram dolosamente”, ressaltou o procurador. O MPF requer que os denunciados sejam enquadrados nas penas dos crimes previstos nos art. 38-A e 40 da Lei 9.605/98: respectivamente, o de “destruir ou danificar floresta considerada de preservação permanente”, cuja pena é de detenção de um a três anos ou multa, ou ambos; e o de “causar dano direto ou indireto às Unidades de Conservação e às áreas de que trata o art. 27 do Decreto nº 99.274/90”, cuja pena é de reclusão de um a cinco anos.
Bocão news

Prefeito de Cairu nega falta de pagamento a terceirizados: ‘Não haverá paralisação’

imagem_noticia_5-1

Após denúncias de que os salários não são repassados há cerca de quatro meses, a Prefeitura Municipal de Cairu nega que a remuneração e o décimo terceiro dos trabalhadores da empresa terceirizada, MM Consultoria, Construção e Serviços, não foram pagos. A empresa é responsável pela coleta de lixo em Morro de São Paulo e Boipeba. “Não haverá paralisação. Esta ameaça de greve não se justifica”, defende o prefeito Fernando Brito. Os funcionários relataram ao Bahia Notícias, nessa quarta (21), que temiam não receber os pagamentos antes do fim do ano (veja aqui). O gestor acrescenta ainda que iniciou, nessa quarta-feira (21), a Operação Verão em Morro, com aumento do efetivo de trabalhadores de limpeza urbana e das praias.