PTN. Vereadores vão conferir de perto situação do entulho em área pública e secretário diz que entulho será retirado com urgência

 

Fotos: PTN NEWS
A Câmara municipal de vereadores representados por, Carlito Sacerdote ( presidente da Câmara) Marivado do SAMU, Gil de Jambrinha, Bidola e Xiola foram conferir uma situação que vem ocorrendo no município, após denúncia de vídeo gravado pelo vereador Olímpio onde mostra uma caçamba descarregando entulho em uma área pública, local que não é apropriado, na denúncia fala que é lixo, só que não procede, pois trata-se de um entulho, mesmo assim a prática não é correta, pois próximo a localidade tem uma nascente. Os vereadores foram até ao secretário de Obras, sr Nailton Santana., ele recebeu os vereadores no gabinete da prefeitura, ouvindo e, em seguida acompanhou até a localidade.

O responsável pela empresa IBOPE, AD de Jesus Brito ( Dinho), também foi chamado, ele falou que a situação não voltará a se repetir. A empresa já está sendo notificada pela Secretaria do Meio Ambiente SEDPLAN, segundo a secretária Laís.

No local, os vereadores viram que a quantidade de entulho é grande, pediram então, ao secretário para que resolva com urgência o problema, prontamente Sr Nailton, disse que estará enviada uma retroescavadeira e caçamba para retirada dos entulhos, isso demostra mais uma boa ação por parte dos vereadores e prefeitura, apesar do problema, houve uma união para solucionar. O PTN NEWS acompanhou toda ação.

Ex-ministro Moreira Franco é preso pela PF

O ex-ministro Moreira Franco foi preso na manhã desta quinta-feira. Ele foi alvo de mandado de prisão preventiva emitido pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Moreira Franco foi ministro da Secretaria-Geral da Presidência e de Minas e Energia no governo Temer.

Mais cedo, o ex-presidente Michel Temer também havia sido preso.

Michel Temer é preso pela Lava Jato; PF faz buscas por Moreira Franco

A Força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro prendeu, na manhã desta quinta-feira (21), Michel Temer, ex-presidente da República. Os agentes ainda tentam cumprir um mandado contra Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia.

Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio.

Desde quarta-feira (20), a Polícia Federal (PF) tentava rastrear e confirmar a localização de Temer, sem ter sucesso. Por isso, a operação prevista para as primeiras horas da manhã desta quinta-feira atrasou.

O G1 ligou para a defesa de Temer, mas até as 11h25 os advogados não haviam atendido a ligação. Ainda não está claro a qual processo se referem os mandados contra Temer e Moreira Franco.

O ex-presidente Michel Temer responde a dez inquéritos. Cinco deles tramitavam no Supremo Tribunal Federal (STF), pois foram abertos à época em que o emedebista era presidente da República e foram encaminhados à primeira instância depois que ele deixou o cargo. Os outros cinco foram autorizados pelo ministro Luís Roberto Barroso em 2019, quando Temer já não tinha mais foro privilegiado. Por isso, assim que deu a autorização, o ministro enviou os inquéritos para a primeira instância.

Carro deixa a casa do ex-presidente Michel Temer, em São Paulo — Foto: Gessyca Rocha/G1
Michel Temer e Moreira Franco são vistos durante cerimônia em Brasília em maio de 2018 — Foto: Mateus Bonomi/AGIF/AFP

Carro deixa a casa do ex-presidente Michel Temer, em São Paulo — Foto: Gessyca Rocha/G1

Entre outras investigações, Temer é um dos alvos da Lava Jato do Rio. O caso, que está com o juiz Marcelo Bretas, trata das denúncias do delator José Antunes Sobrinho, dono da Engevix. O empresário disse à Polícia Federal que pagou R$ 1 milhão em propina, a pedido do coronel João Baptista Lima Filho (amigo de Temer), do ex-ministro Moreira Franco e com o conhecimento do presidente Michel Temer. A Engevix fechou um contrato em um projeto da usina de Angra 3.

 

Homens com histórico de violência contra mulher poderão ter sua inscrição na OAB negada

A partir de agora, ficou definido para o país inteiro que o homem que praticar violência contra mulher em razão do gênero poderá ter sua inscrição negada nos quadros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Não importa o nível da relação afetiva – se a vítima é mãe, irmã ou namorada. A decisão foi assinada pelo Conselho Federal da OAB na segunda-feira (18).

Embora seja uma medida já adotada por algumas seccionais da Ordem, como Sergipe e Alagoas, alguns estados agiam de maneira independente quanto a impedir, ou não, as inscrições de candidatos com histórico de violência. Além disso, há a possibilidade de abertura de processo interno para apurar denúncias contra advogados.

Itiruçu: Ex-presidiário tomba em confronto com policiais do PETO na zona rural Da

 Ex-presidiário tomba em confronto com policiais do PETO na zona rural Da Redaçãoquarta-feira, 20/03/2019 Tombou numa operação policial na zona rural de Itiruçu o ex-presidiário Vulgo Júnior da Lagrima, ocorrido no inicio da noite desta quarta-feira (20). De acordo com informações preliminares ao Itiruçu Online, a Guarnição do PETO deslocou-se até a comunidade da Várzea em operação e lá avistou o elemento em atitude suspeita, que correu ao resistir à ação policial e se escondeu em uma residência. O Júnior da Lagrima na última semana foi atingido por tiros de arma de foto no Bairro do Jacutinga, na sede, sendo socorrido e levado ao Hospital Prado Valadares, em Jequié. O corpo do resistente foi levado para o hospital de Itiruçu, onde espera por familiares para o reconhecimento cadavérico e os procedimentos legais. A Polícia ainda não divulgou detalhes da operação. A qualquer momento neste mesmo link atualizaremos as informações sobre o caso