protesto-camara-01
Policiais civis, rodoviários e federais de vários estados e do Distrito Federal protestaram na tarde desta terça-feira (18), em Brasília, contra a proposta de reforma da Previdência. Durante o ato, um grupo de policiais tentou invadir a chapelaria do Congresso Nacional. Houve tumulto, e vidraças do prédio foram quebradas. Imagens feitas no local mostram que a Polícia Legislativa usou spray de pimenta e bombas para dispersar o conflito. Até as 16h, não havia registro de feridos.

 

Segundo a Polícia Militar do DF, havia cerca de 1 mil policiais no gramado em frente à sede do Legislativo, no momento da confusão. Responsável pela convocação do ato, a União de Policiais do Brasil estima que um grupo de 100 a 150 policiais chegou a entrar na área privativa do Congresso. O tumulto começou quando esse grupo de manifestantes desceu até a chapelaria – rota de acesso de visitantes e parlamentares. A Polícia Legislativa tentou bloquear a entrada, mas o grupo quebrou os vidros e invadiu pelos espaços abertos. Assista:


7abr2017---imagem-fornecida-pela-marinha-norte-americana-mostra-lancamento-de-missil-a-partir-destroyer-americano-em-ataque-a-base-aerea-siria-1491536020675_615x300
Horas após o presidente Donald Trump admitir retaliar a Síria pelas recentes ações do regime de Bashar al-Assad, o Exército dos EUA fez sua primeira incursão militar contra o governo durante a guerra civil na madrugada de sexta-feira (horário sírio). Dezenas de mísseis foram lançados contra a base militar de onde teria partido o ataque químico que deixou ao menos 86 mortos na segunda-feira. A Rússia, aliada do regime, foi avisada do ataque, revelou o Pentágono.

Segundo altos funcionários, o Exército lançou 59 mísseis Tomahawk a partir de destróiers estacionados no Mar Mediterrâneo, mirando um único destino — Ash Sha’irat, na província de Homs, de onde informações de Inteligência apontam que veio o ataque químico. Foram atingidos por volta de 3h45m a pista, aeronaves e depósitos de combustíveis, segundo altas fontes militares. Hoje à noite eu pedi um ataque militar direcionado numa base aérea na Síria, de onde o ataque químico foi lançado.

É neste vital interesse de segurança nacional dos Estados Unidos prevenir e dissuadir a propagação e o uso de armas químicas mortais — afirmou o presidente durante um encontro com o homólogo chinês, Xi Jinping, em seu resort de Mar-a-Lago, na Flórida. — Nesta noite, apelo a todas as nações civilizadas para que se juntem a nós na busca para acabar com o massacre e o derramamento de sangue na Síria, e também para acabar com o terrorismo de todos os tipos e de todos os tipos.

Esta é a ação militar mais dura do governo Trump, vindo após uma serie de consultas com congressistas em privado. O governo de Barack Obama havia ameaçado rebater Assad militarmente após outros episódios de ataques químicos atribuídos ao regime, mas nunca concretizou as declarações. A Rússia, que apoia Assad, foi avisada do ataque. Segundo o Pentágono, os russos receberam a advertência para que soldados que pudessem estar em Ash Sha’irat saíssem do local. “A agressão americana atingiu alvos militares sírios”, mostrou uma chamada da TV estatal síria durante a madrugada.

Horas antes, a Rússia advertiu os Estados Unidos que o país poderia ter “consequências negativas” se lançar uma ação militar contra a Síria, após uma reunião do Conselho de Segurança da ONU. Se houver uma ação militar, toda a responsabilidade recairá sobre os que tiverem iniciado uma empreitada tão trágica e duvidosa — declarou o embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, na saída da reunião. Mas o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, foi além: Moscou foi ou complacente ou incompetente em lidar com os sírios. Assista o vídeo:


explosao-fogueira
Pelo menos 18 pessoas ficaram feridas durante o acendimento de uma fogueira no norte da França. 
 
A explosão aconteceu no encerramento do chamado “Carnaval Amarelo”, em Villepinte, no nordeste de Paris, na tarde de sábado. 
 
Um vídeo postado nas redes sociais mostra o momento em que a fogueira explode logo depois de ser acesa.

 

Segundo o jornal francês “Le Parisien”, uma mulher e seu filho estão entre as vítimas com ferimentos graves. O prefeito da cidade também ficou ferido. 
 
Uma investigação foi aberta, mas a causa do incidente ainda não é conhecida, informou a agência de notícias AFP. 
 
Uma fonte da polícia disse à emissora de TV BFM que a explosão pode ter sido provocada pelo uso de gasolina para acender o fogo. Assista:

 


Fonte: Uol.


Preview Image
Uma câmera de segurança registrou o momento em que um homem foi morto a tiros na feira livre do distrito de Camela, em Ipojuca na Grande Recife. No vídeo divulgado na última segunda-feira, dia 20, é possível ver o feirante Gilmário José da Silva, de 31 anos, sendo abordado por um homem que se aproxima e dá um tiro na cabeça da vítima.


jamil

Ex-secretário de Assistência Social de Ilhéus, o vereador Jamil Ocké está entre os seis presos na Operação Citrus, realizada na manhã desta terça-feira, (21), pelo Ministério Público Estadual (MP-BA) com o apoio da Polícia Civil.

De acordo com o MP, Jamil participa de um “grupo criminoso que praticava fraudes e superfaturamento” em licitações da Prefeitura de Ilhéus. O prejuízo é avaliado em R$ 20 milhões. Crédito: Blog do Tom Ribeiro.


jair-2_341884

Nesta segunda-feira (20), o talk show The Noite, apresentado por Danilo Gentili no SBT, contará com a participação do deputado Jair Bolsonaro.

Durante a entrevista, o apresentador questionará o parlamentar sobre seus planos de governo caso seja eleito em 2018, e sobre questões que envolvem seu nome, como a polêmica de sua conversa com o filho pelo Whatsapp.Ao longo do programa, assuntos como a exploração do nióbio brasileiro, corrupção, combate à violência, Trump, Dilma e Lula também serão levantadas.“Bote na mesma sala: eu, Lula e Dilma.

Aplique-nos a prova do ENEM. Se eu não tirar uma nota maior do que as dois juntos, eu não estou preparado (para a presidência) ”, compara-se, o deputado aos ex-presidentes do Brasil, durante a entrevista.


A APLB Sindicato Núcleo de Presidente Tancredo Neves-Ba, realizou na manhã de hoje (15/03), uma manifestação pelas ruas da cidade contra a PEC (Projeto de Emenda à Constituição) 287, da Reforma da Previdência Social, que tira vários diretos da classe trabalhadora de todos os seguimentos sociais, esta manifestação foi articulada com outras entidades como SINTRAF, SINDFUPPTN, AGENTEC, COOAFA, CDL, APAC 1, APRC, AAFARME, FASE BAHIA, AMBACOV, entre outras. Haja vista, ter sido o primeiro ato público de protesto contra o Governo Federal realizado na cidade tivemos uma boa participação, contamos com os agricultores, aposentados, funcionários públicos e demais pessoas da comunidade.
Os sindicalizados se reuniram na sede da APLB e dali saíram em caminhada até a Avenida Wellington Nunes dos Santos, onde aconteceram os pronunciamentos dos representantes da entidades e pessoas da comunidade, fizeram uso da palavra:
# Maria de Lourdes – Vice Coordenadora da Delegacia da APLB Costa do Dendê (Valença);
# Edilene de Jesus – Coordenadora de Núcleo da APLB Sindicato (PTN);
# Silvanei Barbosa – Técnico da FASE BAHIA e Presidente da COOAFA;
# Isabel Cruz – Coordenadora do SINTRAF e do Pólo Sindical da região de Amargosa;
# Joelson de Jesus – Presidente da CDL;
# Jurandir – Funcionário Público Municipal;
# Lucas – Representante da Comunidade;
# Carlos Souza – Coordenador de Habitação do SINTRAF;
Os manifestantes seguiram em direção ao bairro do Japão, fazendo uma parada estratégica em frente à Câmara Municipal para cobrar agilidade na trâmite dos projetos das emendas do Plan de Carreira e do Estatuto do Servidor Público, que esperam aprovação desta Casa Legislativa. Segundo pelo Japão foram para na BR-101, onde paralisaram a passagem de veículo por um curto espaço de tempo, finalizando o ato com o canto do Hino Nacional Brasileiro.
Esta foi só a primeira das atividades programadas para a Greve Geral Nacional que vai de 15 à 24/03
 Texto e gravações, APLB


Cães sempre nos surpreendem. Um pastor belga, bastante usado para o trabalho de segurança, mostrou que pode ser útil também para salvar vidas. Deril foi treinado por Lusy Imbergova.

Quando ela fingiu estar ferida, o cão simplesmemente fez massagem cardíaca e respiração boca a boca na tentativa de ressuscitar a vítima. 

O número foi apresentado no sábado (11/3) no “Crufts”, popular programa em TV estrelado pelos melhores amigos do homem. Assista: