Delator diz que Aécio era “o mais chato” na cobrança de propina

O entregador de valores Carlos Alexandre de Souza Rocha (“Ceará”) disse em sua delação premiada, divulgada pelo, que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) era “o mais chato” na cobrança de propina junto à empreiteira UTC. Ceará trabalhava com Alberto Youssef. Segundo a reportagem, ele afirmou ainda ter levado R$ 300 mil a um diretor da … Leia Mais


Horário Eleitoral custará R$ 576 milhões ao governo em 2016

O processo eleitoral tem um custo total que vai além dos gastos com campanhas e o Fundo Partidário. Em 2016, quando irão acontecer eleições municipais, o governo federal prevê o ressarcimento de R$ 576 milhões para as emissoras de tv e rádio que transmitem o horário eleitoral, segundo informação do blog do Moreno de “O … Leia Mais



AM: Revoltados, moradores incendeiam casas de prefeito na cidade de Coari

As duas casas do prefeito de , Igsson Monteiro (PMDB), foram invadidas e incendiadas, na manhã desta quarta-feira (14), durante protesto de funcionários públicos que estão com salários atrasados, e também, de mototaxistas que estariam revoltados com as taxas impostas pelo executivo municipal. Além da casa do prefeito, os manifestantes incendiaram a Câmara Municipal da … Leia Mais



Presidenta Dilma sanciona novo Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação

11012016-_TUK0194-Editar
Foto: Ichiro Guerra/PR

A presidenta Dilma Rousseff sancionou nesta segunda-feira (11) o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação. Trata-se de uma legislação que regula a relação entre entes públicos e privados, com transparência e segurança jurídica, além de reduzir a burocracia e dar mais celeridade ao processo. Na cerimônia, também foi lançada a primeira Chamada Universal de 2016, edital promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que disponibilizará R$ 200 milhões para projetos de pesquisa científica e tecnológica nos próximos dois anos, em qualquer área do conhecimento.

Na ocasião, Dilma ressaltou que esta é “uma reforma profunda” na legislação que regula a integração entre agentes públicos e privados que constituem o sistema de ciência, tecnologia e inovação.

“Estamos dando transparência e segurança jurídica a uma cooperação fundamental para o crescimento econômico, a geração de emprego e renda, o desenvolvimento sustentável e a ampliação de oportunidades para nossa população”, disse. (mais…)


Instituto de pesquisa aponta Acm Neto é o melhor prefeito do Brasil

ACM-NETO-GARGALHADA-460x306

Pelo terceiro ano consecutivo, o prefeito ACM Neto (DEM) foi avaliado como o melhor gestor do país. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Paraná e o ranking dos melhores gestores levou em consideração as 13 maiores capitais do país.

ACM Neto lidera com com 85% de aprovação popular, seguido de Rui Palmeira (PSDB) de Maceió, com 64% de aprovação, e Geraldo Júlio (PSB), prefeito do Recife, com 58% de aprovação. ACM Neto tem 21% a mais de aprovação do que o segundo colocado.

Índices que dão à gestão do prefeito de Salvador uma blindagem popular para que ele continue no trabalho de mudar os rumos da cidade. Fernando Haddad (PT), de São Paulo, com 28%, e Paulo Garcia (PT), de Goiânia, com 23% disputam a lanterna para ver que é o pior prefeito do Brasil, entre as grandes capitais – posto que fica com o PT. (mais…)


Jaques Wagner diz que governo vai derrubar impeachment na Câmara

10259843_991415254229898_2198266795265603140_n

O ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, disse nesta segunda-feira que o processo de impeachment deflagrado no início do mês passado contra a presidente Dilma Rousseff será derrubado ainda na Câmara dos Deputados. Ele usou as redes sociais para afirmar que o governo obterá mais que os 171 votos necessários para encerrar o processo. O ministro citou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que anulou a sessão que escolheu membros para a comissão do impeachment na Câmara e decidiu que, caso o processo seja aprovado na Câmara, o Senado tem o poder de derrubá-lo. Wagner disse ainda que a impopularidade de Dilma não é crime e portanto não pode ser usada como objeto para embasar o impeachment. (O Globo)

00123


Ações do governo estadual irão inserir estudantes no mundo do trabalho

Palácio-Rio-Branco-reprodução

Em 2016, o Governo do Estado vai garantir a cerca de 20 mil estudantes da rede estadual a participação em projetos educacionais. São os projetos ‘Primeiro estágio, primeiro emprego’ e ‘Auxílio de Permanência Estudantil’, que integram o programa Educar para Transformar – um Pacto pela Educação, para dar oportunidades aos estudantes da educação profissional e das universidades estaduais a inserção no mundo do trabalho e contribuir para a diplomação dos estudantes com dificuldade financeira de manter os estudos durante a graduação.

O projeto ‘Primeiro estágio, primeiro emprego’ visa à entrada de nove mil estudantes no mundo do trabalho até 2017, por meio de uma rede de parcerias com empresas privadas, órgãos públicos e prefeituras. Para fazer parte do ‘Primeiro estágio, primeiro emprego’, o estudante precisa estar com todas as informações atualizadas no Sistema de Gestão Escolar – ferramenta gerencial da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, que facilita a administração escolar na execução, acompanhamento e controle das atividades -, e precisa apresentar um bom rendimento escolar. (mais…)


Ubam diz que 90% das prefeituras não terão como pagar o novo salário mínimo em 2016

thumb175531923

Após o anúncio do valor do novo salário mínimo de R$ 880,00, que entrou em vigor nessa sexta-feira (1), o presidente da União Brasileira de Municípios (UBAM), Leonardo Santana, disse que pelo menos 90% das prefeituras de todo país não terão condições de arcar com a nova despesa sem que o governo promova a tão esperada reforma do pacto federativo e aumente a participação dos municípios na distribuição dos tributos arrecadados.

Segundo ele, o novo mínimo já se constitui em mais um desafio para as administrações públicas municipais, num momento tão delicado que o Brasil atravessa, registrando a mais forte retração da economia que já se viu, causando severa diminuição nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). “O governo da União age como se os municípios não tivessem nenhuma importância no contexto federativo republicano, tomando medidas que vêm atingindo as administrações municipais durante esses últimos 20 anos, mantendo as cobranças indevidas e saques do INSS nas contas das prefeituras, aumentando as obrigações sociais com a municipalização e fazendo vista grossa para o caos financeiro que enfrentam menores entes federados”. (mais…)