Mutuipe – Néia, Lek e Gil livram Dinoite da cassação.

O vereador Valdomiro Galdino foi absolvido na câmara de vereadores de Mutuípe com os votos de Néia (PSD) Lek (PRB) e Gil do (PT). Após cinco horas de sessão o resultado gerou festa entre os que apoiavam o vereador Dinoite (PT). Mesmo livre de ser cassado na câmara o vereador continua enfrentando o processo na justiça sob … Leia Mais




Prefeita suspeita de desviar dinheiro da merenda ostentava luxo nas redes sociais

16oPKov0L9o2A69qRl4FOHiLaM2012

A prefeita Lidiane Leite (PP) da cidade de Bom Jardim, no Maranhão, está foragida. Ela é suspeita de desviar verbas destinadas à merenda escolar e a reformas das escolas no município.O ex-secretário de Agricultura Antônio Gomes da Silva e o ex-secretário de Assuntos Políticos Humberto Dantas dos Santos foram presos por associação criminosa, peculato na modalidade desvio e fraude em procedimentos licitatórios Foram desviados cerca de R$ 900 mil – o valor era sacado direto na boca do caixa. A prefeita esbanjava uma vida de luxo nas redes sociais. Ela chegou a afirmar que gastava o dinheiro como queria De acordo com Alexandre Saraiva, superintendente da Polícia Federal no Maranhão, a prefeita possui mandado de prisão em aberto.— Hoje ela é considerada foragida e solicitamos que cada cidadão do Maranhão se torne um agente da polícia e nos auxilie nas buscas Ronildo Lages, delegado chefe de Repressão aos Crimes Patrimoniais, afirmou que cada um tinha uma função do esquema e que a prefeita sabia sobre o crime.— Ela tinha ciência das fraudes que estavam acontecendo e não se opunha, mesmo sendo avisada. 

(mais…)


“Assim que for intimado, analisarei os termos da Sentença”, diz Wagner sobre condenação da Justiça Federal

IMG_1983-400x266

O atual prefeito de Itiruçu, Wagner Pereira Novaes (PSDB), foi condenado pela Justiça Federal, em ação dos seus dois primeiros mandatos, de 1996 a 2004, a devolver R$ 94,1 mil aos cofres públicos por aplicação irregular de verbas públicas federais repassadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e pela falta de prestação de contas de recursos referentes a dois contratos para a construção de um parque agropecuário no município.

Na ação civil pública por improbidade administrativa proposta pela juíza Karina Rhem, o ex-gestor, como citado pela divulgação, foi condenado ainda ao pagamento de multa de 50% da condenação, à perda da função pública, à suspensão dos direitos políticos por cinco anos e proibição de contratar com o poder público pelo mesmo período. De acordo com o Ministério Público Federal, as irregularidades foram identificadas à época da assinatura dos convênios, e depois confirmadas pela Justiça.

Em nota à imprensa, o prefeito informou que como todo e qualquer processo judicial, deve ser respeitado e cumprido depois do trânsito em julgado. Logo, no caso da decisão da Juíza da Justiça Federal de Jequié no dito processo, o Prefeito de Itiruçu tem a declarar, que assim que for intimado, analisará os termos da Sentença e sua assessoria jurídica pessoal adotará as medidas judiciais pertinentes, inclusive, de recorrer, se for o caso, para instância superior, já que a decisão do Juízo de Primeiro Grau não gera efeitos até julgamento final por parte dos Tribunais em Brasília.

Fonte: Itiruçu Oline


PTN: Prefeitura e Câmara  visitam obras abandonadas por gestão passada.

AkjmFjx6gkNK__kgZGdedXoVwmeK8NRTO7ieKgrxYOZ6

 

A Prefeitura de Presidente Tancredo Neves, preocupada com o desenvolvimento do município, visitou na tarde de hoje, dia 20/08, junto com os vereadores,  as obras que foram deixadas  inacabadas  pelas gestões anteriores, muitas delas abandonadas pelo ex-gestor Moacy Pereira. 

As obras paradas são reivindicações  populares constantes.  Para  buscar uma alternativa da retomada dos serviços, o chefe de gabinete, Robson Rodrigues, acompanhado dos vereadores, presidente da Câmara, Zé Coite,  Edvânio Menes, Jana de Roberval, Vaval, Abílio, Gil de Jambrinha, Carlinhos,  estiveram juntos em busca de solucionar os problemas existentes nas mesmas  no município e ao mesmo tempo preocupados com os Erário Público:.

Como uma alterativa de esclarecer os transtornos que foram construídos nas gestões passadas, a prefeitura propõe com os vereadores e  população uma audiência pública para ser discutido uma solução para retomada das obras.

“O que estamos fazendo é apresentar para os vereadores situações de abandono que vivenciou o município, como a gestão passada realmente deixou, é dinheiro público que está indo para o ralo por conta de incompetência administrativa.  Uma Audiência Pública iremos  mostrar em detalhes números escandalosos.  Espero que os vereadores possam estar apoiando a nossa gestão, pois conhecem bem o meu perfil que é buscar soluções para os problemas existentes, repito, deixados na antiga gestão”, falou o prefeito Balbino Mota

Assessoria de Comunicação.

 Prefeitura Municipal de Presidente Tancredo Neves

 Construído um novo futuro


Apuarema: TCM era informado que zeladora recebia 3mil, já no bolso da colaboradora chegava R$ 300,00.

iran
A Câmara de Vereadores de Apuarema, distante 350 km de Salvador, foi surpreendida com uma denúncia realizada pelo Vereador Iranildo Santos (PCdoB), quando o mesmo apresentou aos demais vereadores um esquema “fraudulento de corrupção” na folha de pagamento da Prefeitura de Apuarema. De acordo com Iran, no mês de março de 2013 (início da gestão do governo Lene) uma senhora identificada como Zenilda Souza Santos da região do Novo Horizonte, foi convidada a trabalhar na prefeitura prestando serviços de zeladora na Escola Municipal Padre Vieira, na região rural de Novo Horizonte. Porém a mesma recebia pelos serviços prestados, segundo o Vereador Iran, a quantia de R$ 300,00 apenas. Mas, a Prefeitura informava ao TCM – Tribunal de Contas dos Municípios, o valor de R$ 2.860,23. A surpresa maior foi quando investigado pelo edil, foi constatado que a funcionária era informada como Assessoramento Técnico Administrativo. Ou seja, recebia na folha dos 60%.

(mais…)


Prefeito de Gandu segue sugestão familiar para não disputa reeleição em 2016.

thumb850528293Os bastidores da política regional para 2016 que são as disputas municipais já começam a desdobrar os primeiros capítulos. Questionamentos, formação de grupos definições de apoio, todo senário de possibilidades já busca pesquisar suas estrutura. De acordo com o site Diário Paralelo o prefeito Ivo Peixoto, da cidade de Gandu, anunciou no inicio da noite desta sexta-feira (14) que não pretende disputar sua reeleição em 2016. Ivo Peixoto convocou uma reunião com seu secretariado e comunicou a decisão.

Com 68 anos de idade e com duas disputa eleitoral no currículo, uma delas como vice da ex-prefeita Irismá, o prefeito optou por seguir os conselhos dos familiares e amigos mais próximos e abrir mão de uma possível reeleição no próximo ano. O prefeito não falou sobre possíveis apoios em 2016 e disse que ainda é muito cedo e que muita coisa pode mudar.