Mulher com as unhas mais longas do mundo resolve cortá-las

Ayanna Williams, de Houston, uma cidade no Texas, EUA, decidiu cortar as unhas ao fim de 30 anos (sim, leu bem). As unhas tinham, ao fim de todo este tempo, sete metros.  A dermatologista Allison Readinger foi a responsável por cortar as longas unhas da mulher norte-americana, como revela o livro do Recorde Mundial do … Leia Mais


Príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, morre aos 99 anos

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, do Reino Unido, morreu aos 99 anos, disse nesta sexta-feira (9) o Palácio de Buckingham. A causa da morte ainda não foi revelada. Ele iria completar 100 anos em junho deste ano. Em fevereiro, ele passou mal e foi internado como “medida de precaução”. No entanto, ele foi transferido … Leia Mais


Tipo sanguíneo pode aumentar o risco de infecção por Covid-19

Um novo estudo do Brigham and Women’s Hospital, nos Estados Unidos, fornece evidências adicionais de que pessoas com certos tipos de sangue podem ter maior probabilidade de contrair Covid-19. Especificamente, ele descobriu que o novo coronavírus é particularmente atraído pelo antígeno do grupo sanguíneo A encontrado nas células respiratórias. Os pesquisadores se concentraram em uma proteína … Leia Mais


Teolandense faz sucesso em Portugal com empreendimento Puro Sabor

Andressa Barreto formada em Engenharia Civil, atualmente mora em Lisboa – Portugal. Fazendo sucesso com as vendas de bolos, salgados e doces. Participou nessa segunda-feira (05/04) do programa Conversa de Mulheres transmitido pela Kuriakos TV, pra falar a cerca do empreendimento e do sucesso da Puro Sabor . As vendas são feitas por meio do … Leia Mais


Furiosa, mulher corta pênis do namorado enquanto ele dormia

Um homem de 52 anos, identificado apenas como Huang, teve os órgãos genitais arrancados enquanto dormia. O caso aconteceu na casa da vítima, no município de Xihu, no condado de Changhua, em Taiwan. A suspeita de cometer o crime é a namorada da vítima. As informações são do jornal Mirror.  Huang caiu em um sono … Leia Mais


Bebê de mãe vacinada contra Covid-19 nasce com anticorpos contra a doença

Uma mulher que foi vacinada durante a gravidez nos Estados Unidos deu à luz uma bebê com anticorpos contra a Covid-19. Segundo os pediatras Paul Gilbert e Chad Rudnick, que apresentaram a descoberta na terça-feira (16) em artigo que ainda será revisado, o caso pode ser o primeiro reportado no mundo

A mãe da criança, que é profissional de saúde e atuou na linha de frente da pandemia, recebeu o imunizante da Moderna ao completar 36 semanas de gestação. O parto foi realizado três semanas depois no estado da Flórida. Os pesquisadores analisaram o cordão umbilical da menina recém-nascida e constataram a presença de anticorpos.

(mais…)


Atentado à bomba em Igreja da Indonésia deixa ao menos vinte feridos

Ao menos 20 pessoas ficaram feridas neste domingo (28) em um atentado suicida contra a catedral de Makassar, leste da Indonésia, após a missa do Domingo de Ramos, um novo ataque contra uma Igreja neste país de maioria muçulmana.

O atentado à bomba foi executado por dois membros de um grupo extremista vinculado ao Estado Islâmico (EI), acusado de outros ataques contra Igrejas, incluindo nas Filipinas em 2019.

Os dois criminosos morreram quando entraram com uma motocicleta no complexo da catedral do Sagrado Coração de Jesus, no sul das ilhas Sulawesi, informaram as autoridades.

O chefe da polícia nacional indonésia, Listyo Sigit Prabowo, afirmou que os dois agressores, um homem e uma mulher, eram integrantes do Jamaah Ansharut Daulah (JAD), grupo extremista que teria cometido outro atentado contra uma igreja em 2018, em Surabaya, segunda maior cidade da Indonésia.


Butantan cria vacina contra covid-19 e vai pedir autorização para testes clínicos

O Instituto Butantan vai solicitar à Anvisa a autorização para iniciar testes clínicos para uma nova vacina contra a covid-19, nesta sexta-feira (26). O imunizante, chamado de Butanvac, foi desenvolvido pelo instituto, e a expectativa é de que todos os testes sejam realizados até o final deste ano.

Ao final dos testes, estarão disponíveis 40 milhões de doses da nova vacina. Atualmente, o Butantan é responsável pela produção da Coronavac, imunizante feito em parceria com a chinesa Sinovac. Segundo informações da Folha de S. Paulo, a Butanvac já passou pelos testes pré-clínicos, realizados em animais, para detectar possíveis efeitos positivos ou de toxicidade.

Caso a Anvisa autorize o prosseguimento dos testes, a Butanvac passará pelas fases 1 e 2 de avaliação, quando são verificadas a segurança e capacidade de resposta imune. Somente na fase 3 é que são estipulados os níveis de eficácia do imunizante.


Peito de fisiculturista rasga ao levantar muito peso

O fisiculturista Ryan Crowley, de 23 anos, sofreu uma grave lesão [fotos abaixo] no último sábado (20/3). Ele, que está acostumado a levantar mais de 300 kg, viu o músculo do peito rasgar durante um exercício numa academia de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Crowley passou por uma cirurgia de quatro horas para reconstituir a parte do peito afetada. Após quase uma semana internado, ele recebeu alta hospitalar nessa quinta-feira (25/3). O atleta de fisiculturismo comemorou o sucesso da cirurgia, mas admitiu nunca ter sentido tanta dor na vida.

“Ainda estou com muita dor agora, meu corpo inteiro está inchado dos dedos dos pés às minhas mãos, meu estômago está extremamente inchado e literalmente tem um saco de fluido e inflamação, que literalmente balança conforme eu me movo”, afirma Crowley, em sua rede social.

Agradecimento

O fisiculturista aproveitou para agradecer o carinho que recebeu durante toda a recuperação. “Um incrível agradecimento a todos que estiveram envolvidos e me apoiaram neste momento terrível, foi extremamente devastador, doloroso e mental e fisicamente impossível, mas estou me mantendo forte e positivo”, afirmou o atleta.


9 maiores pandemias da história da humanidade

A pandemia acontece quando uma doença epidêmica infecciosa e muito contagiosa atinge todos os continentes do mundo.

Confira abaixo as 9 maiores epidemias e pandemias que marcaram a história. A ordem escolhida está de acordo com a mais atual (coronavírus), seguida daquelas que mais afetaram a humanidade.

1. Coronavírus

  • Vírus: SARS-COV-2
  • Período do surto: 2019-2020
  • Número de mortes: cerca de 2,2 milhões de pessoas (fevereiro/2021)

O coronavírus é uma pandemia que atingiu a população mundial no final do ano de 2019 e 2020. O nome atribuído “COVID-19” é a junção dos termos Corona, Vírus e Doença (disease, no inglês), mais o ano de 2019.

Vale lembrar que o coronavírus é uma família de vírus, sendo que o causador da doença COVID-19 é o vírus identificado como SARS-COV-2. A sigla SARS significa Síndrome Respiratória Aguda Grave.

A doença foi identificada no final de 2019 na China, mais precisamente na cidade de Wuhan, e avançou para outros países de todos os continentes. Esse vírus começou a infectar morcegos e, mais tarde, os seres humanos.

Essa doença ataca os pulmões, levando os doentes a graves quadros de insuficiência respiratória, e que pode resultar na morte.

No começo, a doença inclui os sintomas de uma gripe normal, mas pode avançar para casos de pneumonia grave. Note que, as pessoas mais atingidas possuem mais de 60 anos.

2. Tuberculose

  • Bactéria: Bacilo de Koch
  • Período do surto: 1850-1950
  • Número de mortes: cerca de 1 bilhão de pessoas

Foi em meados do século XIX que a tuberculose começa a atingir grande parte da população. Essa doença causada por uma bactéria, o bacilo de Koch, é também chamada de tísica pulmonar, pois afeta os pulmões, causando sintomas graves de insuficiência respiratória. No entanto, a doença também pode atingir outros órgãos do corpo como os ossos, a pele e os gânglios linfáticos.

Quando acometidas pela doença, as pessoas começam a ter crises de tosse aguda com sangue e pus. Até meados do século XX, a tuberculose atingiu pessoas em diversas partes do mundo e estima-se que chegou a matar cerca de 1 bilhão de indivíduos. Embora esteja controlada, ela continua presente em alguns países do mundo, sobretudo, os subdesenvolvidos.

Entenda mais sobre essa doença bacteriana: Tuberculose.

3. Varíola

  • Vírus: Orthopoxvirus variolae
  • Período do surto: 430 a.C. (primeiro surto)
  • Número de mortes: 300 milhões de pessoas aproximadamente

A varíola é uma doença causada pelo vírus Orthopoxvirus variolae, com sintomas parecidos com os da gripe normal, (febre e dores no corpo), acrescidos de vômitos e úlceras cutâneas.

Vários surtos de varíola aconteceram na história da humanidade, sendo que o primeiro deles ocorreu em 430 a.C. na Grécia. Estima-se que naquele momento ⅓ da população grega morreu.

Mais tarde, foi a vez dos romanos e com as grandes navegações no século XV, a doença chegou na América. Foi somente no século XVIII que a doença começa a ser controlada com a criação da vacina contra a varíola por Edward Jenner.

No século XX, mais precisamente na década de 80, quando ela matou mais de 300 milhões de pessoas, essa doença foi considerada erradicada do planeta.

Leia mais sobre essa doença: Varíola.

4. Gripe Espanhola

  • Vírus: Influenza
  • Período do surto: 1918-1920
  • Número de mortes: entre 20 e 40 milhões de pessoas

A gripe espanhola foi uma das maiores pandemias da história que atingiu a população mundial no ano de 1918, no final da primeira guerra mundial e permaneceu até 1920.

Recebeu esse nome pois a Espanha foi um dos países mais atingidos no início do surto. Influenza é o nome atribuído ao vírus dessa doença que infectou cerca de 500 milhões de pessoas no mundo.

O número de mortes não é certa, mas estima-se que essa gripe tenha matado entre 20 e 40 milhões de pessoas no mundo. No Brasil, o presidente do país na altura, Rodrigues Alves, chegou a falecer. Note que, uma variação desse mesmo vírus, conhecido como H1N1, voltou a atingir a população em 2009.

Leia mais sobre a Gripe Espanhola.

5. Peste Negra

  • Bactéria: Yersinia pestis
  • Período do surto: 1347-1353
  • Número de mortes: 25 milhões de pessoas aproximadamente

Foi no século XIV, durante a Idade Média, que a peste negra, também chamada de peste bubônica, assolou a população europeia e asiática. Teve sua origem no Oriente, na Mongólia, e foi espalhada pelos barcos comerciais que realizavam trabalho entre os dois continentes.

Causada por uma bactéria, essa doença primeiro atingiu os ratos e depois foi passada aos humanos pelas pulgas infectadas que haviam picado esse animais.

Os sintomas eram parecidos com uma gripe forte, porém com o inchaço dos gânglios e presença de bolhas de pus e sangue pelo corpo.

O maior problema que fez essa doença atingir grandes proporções, estava nas condições de saneamento e higiene no momento.

Estima-se que na Europa, ⅓ da população morreu, ou seja, cerca de 25 milhões de pessoas entre os anos de 1347 e 1353.

Entenda melhor sobre a história e as características da doença:

 

6. Aids (HIV)

  • Vírus: HIV
  • Surto da doença: 1980
  • Número de mortes: 20 milhões de pessoas aproximadamente

A AIDS, sigla de Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Acquired Immunodeficiency Syndrome), é uma doença causada pelo vírus HIV que acomete o sistema imunológico atacando los linfócitos T-CD4, fundamentais para para as defesas do organismo.

Sua transmissão ocorre nas relações sexuais, e também pela transmissão sanguínea causada, sobretudo, pelo uso das drogas injetáveis. Além disso, grávidas que apresentem o vírus podem passar para os filhos durante a gestação.

Até hoje, não foi descoberto a cura dessa doença. Os pacientes controlam a doença e fortalecem o sistema imunológico. Estima-se que mais de 20 milhões de pessoas no mundo já morreram de AIDS.

Saiba mais sobre essa doença: AIDS.

7. Tifo

  • Bactéria: Rickettsia prowazekii
  • Período do surto: 1918-1922
  • Número de mortes: cerca de 3 milhões de pessoas

Foi no século XV que o tifo começa a atingir a população, porém foi depois da primeira guerra mundial que essa doença alcança grande parte das pessoas, matando cerca de 3 milhões de indivíduos em 5 anos (1918 a 1922).

Ela é transmitida através dos piolhos contaminados, que na altura se encontravam nos ratos. Por isso, essa doença também está muito relacionada com a peste negra, que também se espalhou por conta dos piolhos que picavam os ratos e ficavam infectados.

Com isso, fica claro que o tifo se espalhou num momento em que o saneamento era uma das poucas preocupações da população. Os sintomas do tifo são, inicialmente, similares aos da gripe, porém, com presença de erupções cutâneas.

8. Cólera

  • Bactéria: Vibrião colérico
  • Período do surto: 1817-1824
  • Número de mortes: 30 mil pessoas aproximadamente

Doença infecciosa bacteriana que já teve diversos surtos na história da humanidade, sendo que o maior deles ocorreu no século XIX. Estima-se que cerca de 30 mil pessoas morreram vítimas dessa enfermidade.

A cólera é causada, sobretudo, pela falta de saneamento básico, gerada pela água e alimentos contaminados pela bactéria.

O principal sintoma é a diarreia, levando a pessoa a uma grande desidratação. Atualmente, essa doença ainda continua a atingir diversas pessoas no mundo, principalmente em países subdesenvolvidos, onde o saneamento é precário.

Quer saber mais? Veja também o texto sobre Cólera.

9. Gripe Suína (H1N1)

  • Vírus: Influenza tipo A
  • Período do surto: 2009-2010
  • Número de mortes: cerca de 20 mil pessoas

Em 2009, a gripe H1N1, influenza tipo A ou gripe suína, começou no México e logo se espalhou pelo mundo. Foi chamada de gripe suína uma vez que foi identificada pela primeira vez em porcos.

O surto dessa doença respiratória causada por vírus permaneceu até 2010 e atingiu cerca de 207 países do mundo.

Estima-se que, nesse período, 9 mil pessoas morreram. Os grupos que apresentam maior risco de contaminação são as crianças, as gestantes e os idosos.

Doença muito contagiosa, apresenta sintomas parecidos com os da gripe comum: febre, tosse e dores no corpo. Estima-se que cerca de 20 mil pessoas morreram dessa doença em todo o mundo.