Vazou! Leonardo no São João de Valença

Conforte informações do blog Livre Noticias, a prefeitura de Valença assinou através de inexigibilidade licitatória o contrato com a empresa Talismã Administradora de Shows, que avaliza o show do cantor sertanejo Leonardo, nesta última quarta (11). O investimento de R$ 220mil será pago para o show que ocorrerá as 22hs do dia 23 de junho, véspera … Leia Mais





Valença: Sequestrador de Ramiro Campelo morava em Guaibim

André é natural de Minas Gerais, mas morou em diversos estados do país. Salvador é uma velha conhecida, já que ele passou oito anos por aqui na Penitenciária Lemos Brito, no Complexo Penitenciário da Mata Escura. Ele contou que foi condenado por receptação de produtos roubados e outros agravantes, mas não deu detalhes sobre os … Leia Mais


Moto é tomada de assalto próxima ao posto água mineral, BR 101

Um senhor, morador do Distrito de Serra Grande, município de Valença, foi vítima de assalto na noite deste sábado,17, na BR 101, enquanto trafegava entre o posto Água Mineral e a entrada do KM 55.
De acordo com as informações, a motocicleta é uma modelo Bros 2014, cor vermelha, de placa policial OZQ 9448.
O Assalto aconteceu por volta das 20 horas, a moto está em nome de Antonio Eliezer Santos Inês Rangel, popular “Ica” de Serra Grande.
Em caso de informações, as pessoas devem ligar par o 190 da Polícia Militar. Se por acaso localizar o veículo no território tancredense pode também acionar a patrulha de plantão através do telefone: (73) 98157- 4550.
(Notícia na Tela)

Suspeitos de envolvimento em sequestro de ex-prefeito e empresário na BA são transferidos de São Paulo para Salvador

Os quatro homens envolvidos no sequestro do ex-prefeito da cidade Valença foram transferidos de São Paulo para Salvador neste sábado (17). Os quatro criminosos participaram do sequestro de Ramiro José Campêlo de Queiroz, que também é empresário, no mês de janeiro deste ano. A vítima ficou 25 dias com o grupo.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), eles chegaram a Salvador no final da tarde, em uma aeronave do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar.

Segundo a SSP-BA, Márcio Reis dos Santos, o ‘Bradock’, Geraldo Alves de Carvalho Neto, Carlos Eduardo Rabello e André Luís Maciel Santos foram presos pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) da Polícia Civil, na última quarta-feira (14), na cidade paulista de Caçapava.

Além das prisões, o dinheiro do resgate pago pela família foi recuperado. A investigação foi feita em parceria com a Superintendência de Inteligência da SSP. De acordo com o delegado do Draco, Cleandro Pimenta, os suspeitos vão prestar depoimento novamente e, em seguida, serão encaminhados para o sistema prisional.

G1

 

Bandidos serão ouvidos e levados para sistema prisional (Foto: Alberto Maraux/SSP-BA)Bandidos serão ouvidos e levados para sistema prisional (Foto: Alberto Maraux/SSP-BA)

Bandidos serão ouvidos e levados para sistema prisional (Foto: Alberto Maraux/SSP-BA)


Polícia Civil da Bahia prende em SP envolvidos em sequestro de Ramiro Campelo; veja fotos dos acusados

Polícia Civil da Bahia prende em SP envolvidos em sequestro de Ramiro Campelo; veja fotos dos acusados
Foto: Reprodução

A Polícia Civil da Bahia prendeu, nesta quarta-feira (14/2), em uma churrascaria no KM 19 da Rodovia Presidente Dutra, em Caçapava, São Paulo, quatro pessoas acusadas de participar do sequestro do ex-prefeito de Valença e empresário Ramiro José Campêlo de Queiroz, ocorrido no mês de janeiro. A operação também contou com informações da Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública. Com os baianos Márcio Reis dos Santos, conhecido como Bradock, e  Geraldo Alves de Carvalho Neto, o pernambucano Carlos Eduardo Rabello e o mineiro André Luis Maciel Santos foram encontradas quantias  provenientes do pagamento realizado pela família para a libertação da vítima. O valor será divulgado em breve, após conferido. Comandada pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado da Polícia Civil baiana, a operação também contou com o apoio da Delegacia Antissequestro da PC de São Paulo, para onde o grupo foi encaminhado. De acordo com o delegado do Draco responsável pelas investigações, Cleandro Pimenta, embora a família não tenha aceitado a participação da polícia na negociação com a quadrilha, a Polícia Civil seguiu com as demais providências de polícia judiciária, chegando à identificações e prisão do grupo. Márcio e Geraldo tiveram mandado de prisão cumprido. Já Carlos e André foram encaminhados para a adoção das demais medidas. Diligências continuam sendo realizadas em outros municípios paulistas com o objetivo de capturar o restante da quadrilha que participou do crime. (Ba.Bahia)

(mais…)


O sequestro de Ramiro Campelo

Acredita-se que as negociações giraram em torno dos filhos e do sobrinho. Rota

 

66 anos, fundador do Grupo Ramiro Campelo que compõe lojas de eletrodomésticos, automotivos e utensílios do campo, o empresário Ramiro Campelo de Queiroz teve seu sequestro noticiado pela mídia no último dia 18 de janeiro. A situação, que foi tratada pela família como desaparecimento, acreditou-se por exigência dos que capturaram o patriarca, deixou a população do município de Valença, há 272km da capital baiana, comovida e mantendo constantes correntes de orações em prol do retorno de Campelo.

Quando sequestrado no interior de sua residência, Ramiro, que faz uso de medicamentos controlados teve suas substâncias levadas consigo e desde então, acredita-se que apenas os filhos e o sobrinho, pessoa de confiança da família, mantiveram contatos com os sequestradores.
Na manhã desta segunda, enquanto todos se centravam na folia momesca, a informação que alegrou a todos surgiu no site IPolitica, que noticiava a libertação após 25 dias, no sudeste do país, em uma das cidades que compõem o estado do Espírito Santo, há 799km do ponto inicial do sequestro.

                                                    
       Não foi divulgado o local exato do resgaste do empresário no Espírito Santo.

Polícia
Informações extraoficiais deram conta que, apesar do valor pago em troca da libertação de Ramiro não ter sido oficialmente declarado, teria sido entregue em parcelas.

O delegado José Raimundo, da 5ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), que acompanha o caso disse que “os filhos dele viajaram agora (segunda) pela manhã para ir buscá-lo”, afirmou, complementando que agora só resta a polícia cumprir sua obrigação.

Informação gerou dúvidas
Preocupado com a proteção de Campelo, a família informou que seria mentirosa a notícia de sua localização.
Uma nota, enviada ao blogueiro Washington Pelegrini, pelo sobrinho Antônio André Alves, continha o seguinte conteúdo:

“Bom dia amigos! As informações acerca da libertação de meu Pai que estão circulando na internet, não procedem. Nós, como toda família Valenciana estamos em orações aguardando o desfecho desse caso da melhor forma.
Ramiro Jr. 12-02-2018”.

Não há informações sobre o estado de saúde do recém-libertado, que no final da tarde embarcou em um voo destinado à capital baiana.


15 dias do sequestro do empresário Ramiro Campelo


Um caso de sequestro tem chamado atenção da população do município de Valença, o empresário Ramiro Campelo, proprietário das Lojas Guaibim e Casa Mais Fácil, faz 15 dias que não se sabe o paradeiro, conforme informações, o empresário foi abordado e retirado de seu veículo nas proximidades de sua residência, a marca do veículo em que os criminosos se encontravam a bordo foi um HB-20, a placa não foi informada à imprensa. Durante esses 15 dias, a esposa do empresário chegou a publicar nas redes sociais pedido de corrente de orações, sem dúvida nenhuma, é angustiante para parentes, amigos e todo povo de Valença e Região.

PTN NEWS