EM IBIRAPITANGA. Acidente na ‘curva da tinta’ deixa vítimas fatais na BR-101

  Um grave acidente na BR-101, próximo ao Posto Tenente, no município de Ibirapitanga, deixou ao menos uma pessoa morta e várias feridas gravemente. De acordo com informações preliminares, o acidente envolveu dois caminhões, uma carreta e uma Kombi. Não foi informado se esse último veículo transportava passageiros. Um motorista de um caminhão que passava … Leia Mais


Municípios baianas recebem repasse extra de R$ 372 mi da União

Os municípios baianos começaram a semana com mais dinheiro nas contas. Isso porque o governo federal repassou, nesta segunda-feira (9), R$ 372,4 milhões às 417 cidades do estado referentes a uma parcela extra do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor encaminhado à Bahia representa quase 10% do total repassado pela União a todos … Leia Mais



Frutas da microrregião; produção ganha mercado baiano e nacional

As margens da rodovia, um vendedor ambulante oferece banana da terra, graviola, abacaxi. À frente, outros vendedores se apressam para mostrar ao consumidor outras frutas comuns por ali: cacau, cupuaçu, pupunha, rambutan. Todos os vendedores garantem: as frutas saem de pomares da própria região. E quem há de duvidar. Faça chuva ou faça sol, seja … Leia Mais


Presidente do TRF-4 mantém Lula preso

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Thompson Flores, manteve o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) preso, neste domingo (8). O desembargador afirmou que o caso compete mesmo ao relator do processo, Gebran Neto, e não ao plantonista Rogério Favreto.


Conheça o desembargador plantonista que mandou soltar Lula

O desembargador federal Rogério Favreto, responsável por mandar soltar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva neste domingo (8/7), trabalhou no primeiro governo do petista ao lado do ex-ministro José Dirceu e da presidente cassada Dilma Rousseff, na época em que ela era ministra da Casa Civil.

(mais…)


EM SALVADOR. Segurança e mulher são encontrados mortos dentro de supermercado em São Cristóvão

Foto: Via WhatsApp

Segundo informações passadas para o PTN NEWS o  segurança privada Max Forte matou a mulher depois se matou. Isso no Atacadão Atakarejo de São Cristovão.

O segurança da empresa Maxforte, Alex Macedo Ribeiro, e uma mulher, ainda não identificada, foram encontrados mortos, a tiros, na tarde deste domingo (8/7), em uma sala que fica no fundo do supermercado Atakarejo, localizado no bairro de São Cristóvão, em Salvador.

Segundo informações da polícia, Alex prestava serviço no estabelecimento e funcionários disseram que ele não havia comparecido para o almoço. Informações, ainda não confirmadas, dão conta de que houve um crime passional e que o segurança teria baleado sua suposta namorada e, em seguida, cometido suicídio. O caso deve ser investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).


Médico de 72 anos é morto por mulher em motel no Costa Azul; autora cometeu suicídio

Crédito da Foto: leitor/Aratu Online

Um casal foi encontrado morto, na manhã deste domingo (8/7), dentro de um quarto do Hashtag Motel, localizado no bairro do Costa Azul, em Salvador. Segundo informações do comandante da 39ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), major Edson da Silva, por volta das 9h, funcionários do estabelecimento encontraram os corpos do médico Alfons Ludwig Boness, 72 anos, e Sônia Sousa Soares, 74, totalmente, ensanguentados.

Ainda de acordo com a PM, informações preliminares dão conta que eles haviam chegado ao motel, por volta das 16h, no sábado (7/7), e após o médico dormir, a mulher desferiu golpes de faca, lhe atingindo no pescoço e em diversas partes do corpo.

Ele sofreu em torno de 30 perfurações e a autora, em seguida, utilizou a faca para se suicidar. A equipe do DPT esteve no local e fez a remoção dos corpos. O caso deve ser investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

DESAPARECIDO
Desde ontem (7/7), familiares de Alfons Boness desconfiaram que algo de errado estava acontecendo, porque ele estava há muito tempo fora de casa. Um amigo da família da vítima, inclusive, divulgou foto do médico, através do aplicativo WhatsApp, na tentativa de encontrá-lo.

Veja trecho do texto divulgado:
Galera, bom dia! O pai de meu colega, Sr. Alfons Borba Boness está desaparecido desde ontem. Ele nunca foi de dormir na rua, saiu de casa às 10:00, estava no mercado até umas 15:00, o filho foi ontem para o jogo do Bahia, teve um contato com ele via zap até as 18:30, depois mandei mensagem e nada, não me respondeu, e não avisou mais nada. Nunca fez isso.


Relator da Lava Jato suspende soltura de Lula

Foto: Instituto Lula

O relator da Lava Jato no TRF-4, João Pedro Gebran Neto, acatou o pedido do juiz federal Sergio Moro e derrubou a decisão do desembargador federal plantonista Rogério Favreto, que pedia a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), de acordo com a Globo News.

No entendimento de Gebran, a decisão da 8° Turma do TRF-4 de prisão do petista é superior a do plantonista. O relator não entendeu nenhum fato novo que justificasse a decisão monocrática de soltura. Pelas ordens de Graban nenhuma forma de soltura poderá ser executada


Ubatã: Ex-prefeito Dai é condenado a mais de 7 anos de prisão e terá que devolver R$ 2,5 milhões

A Justiça Federal condenou o ex-prefeito de Ubatã Adailton Ramos Magalhães, o Dai da Caixa, a 7 anos e cinco meses de prisão e a devolver R$ 2,5 milhões em ações por fraude contra o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e irregularidades no uso de verbas da Saúde. As sentenças do juiz federal substituto Jorge Peixoto, da subseção judiciária de Jequié, também atingem ex-ocupantes de cargos de confiança na gestão de Dai da Caixa nos anos 2000, conforme sentenças as quais o Pimenta teve acesso. Os prejuízos por fraudes no FGTS e na área de saúde superam os R$ 3,2 milhões em valores ainda não atualizados. De acordo com a investigação feita pela União e da qual fez parte o Ministério Público Federal, Dai não comprovou despesas na área de saúde no total de R$ 743.769,65, além de R$ 271.316,00 por não implantação de unidades do Programa Saúde da Família. Os mais de R$ 2,5 milhões foram movimentados irregularmente em contas vinculadas ao Fundo Municipal de Saúde. Nesta ação, o ex-prefeito foi multado em R$ 50 mil e condenado a perda de direitos políticos por cinco anos. A ex-secretária Maria Celeste Guimarães perdeu direitos políticos e levou multa de R$ 30 mil. Ambos devem devolver os R$ 2,5 milhões de forma solidária, conforme a decisão.

(mais…)