goleiro-bruno-fernandes (1)
O retorno de Bruno aos gramados pode estar com os dias contados. Nesta quarta-feira (20), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a revogação da decisão que liberou o goleiro da prisão.

 

Bruno foi solto em fevereiro deste ano, em virtude de uma liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello, que entendeu que o jogador poderia aguardar em liberdade enquanto o caso não é julgado em segunda instância.

 

Em março, assinou com o Boa Esporte, de Varginha/MG. Na ultima quarta-feira (19), o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) manteve a absolvição de Bruno pelo crime de corrupção de menor.

O papa disse não
Papa recusa convite de Temer para visitar o Brasil e pede atenção a populações carentes

Convidado pelo presidente Michel Temer (PMDB) para visitar o Brasil, o papa Francisco declinou à proposta. Por meio de uma carta, o pontífice justificou que sua intensa agenda de eventos o impossibilitaria de voltar ao país neste ano. O presidente havia feito o convite ainda em 2016 na expectativa de que o líder da Igreja Católica viesse participar das celebrações dos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida. Na carta de resposta, Francisco aproveitou para pedir que Temer promova ações a fim de evitar o agravamento do quadro da população carente do país. “Sei bem que a crise que o país enfrenta não é de simples solução, uma vez que tem raízes sócio-político-econômicas, e não corresponde à Igreja nem ao Papa dar uma receita concreta para resolver algo tão complexo”, começou o papa. “Porém não posso deixar de pensar em tantas pessoas, sobretudo nos mais pobres, que muitas vezes se veem completamente abandonados e costumam ser aqueles que pagam o preço mais amargo e dilacerante de algumas soluções fáceis e superficiais para crises que vão muito além da esfera meramente financeira”, pontuou. Diante de um cenário de instabilidade política e econômico em que o governo tenta aprovar importantes reformas, o papa destacou ainda que não se pode “confiar nas forças cegas e na mão invisível do mercado”.


61ceb817-7b40-4c25-9a2f-40468cb36624-599x800

As delações premiadas feitas por executivos e ex-executivos da Odebrecht indicam irregularidades em pelo menos 6 dos 12 estádios usados na Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Um levantamento feito pelo G1 apontam que a Procuradoria Geral da República (PGR) pediu ao relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Luiz Fachin, que encaminhe as petições envolvendo os estádios para instâncias inferiores. As construçõessuspeitas são o Maracanã, no Rio de Janeiro, o Mané Garrincha, em Brasília, a Arena Pernambuco, em Recife, a Arena Castelão, em Fortaleza, e a Arena da Amazônia, em Manaus. Além disso, um inquérito envolvendo a Arena Corinthians, em São Paulo, permanece em sigilo no STF. No caso dos cinco primeiros estádios, cabe a instâncias inferiores da Justiça decidir se eles serão alvo de um pedido de abertura de inquérito.


Preview Image
Um vídeo que gerou polêmica na web divulgado nesta segunda-feira (03), os presos aparecem muito à vontade com celulares e bebida alcoólica, enquanto a mulher rebola em cima de uma cadeira.

O Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária divulgaram um vídeo que mostra uma mulher dançando sem calcinha para detentos da Penitenciária Professor Barreto Campelo, em Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife.

No vídeo que gerou polêmica na web, os presos aparecem muito à vontade com celulares e bebida alcoólica, enquanto a mulher rebola em cima de uma cadeira. Assista:


Conheça a história do inocente que foi preso, estuprado e contraiu Aids na cadeia

No dia 8 de setembro de 2003, um casal procurou o 26º Distrito Policial de Manaus, localizado na antiga ocupação conhecida como Nova Floresta (hoje um bairro), para denunciar o estupro da filha de nove anos de idade. Segundo a menina, dois homens entraram no quarto em que ela dormia com os irmãos e a levaram para o quintal durante a madrugada. Lá, um deles colocou uma faca no pescoço dela, ordenou que tirasse as roupas e abrisse as pernas. O outro ainda tentou impedir o avanço, mas não o suficiente. “Doeu muito”, disse ela em seu depoimento à polícia.

Apesar de estar escuro, a menina disse ter sido capaz de identificar a fisionomia de seu estuprador. Depois que a dupla foi embora, ela caminhou ao quarto dos pais e, sangrando, contou o que havia acontecido. Um laudo emitido pelo IML (Instituto Médico Legal) foi categórico e constatou sangramento vaginal e vestígios de “cópula anal recente”. Foi no dia 5 de novembro, quase dois meses depois de o estupro ter sido registrado, que Heberson “começou a morrer” pela primeira vez. Segundo os autos do processo, a polícia levou a menina para circular pelo bairro na esperança de que ela pudesse reconhecer o suspeito.


263611

Brasil e Uruguai entraram em campo pela 13ª rodada das Eliminatórias. Líder e vice-líder fizeram um primeiro tempo corrido e, logo no início, Cavani abriu o placar após sofrer pênalti de Alisson. O lance aconteceu após uma falha de Marcelo, que recuou uma bola curta demais para o goleiro brasileiro. Na sequência, poucos minutos depois, Paulinho recebeu passe de Neymar e chutou de fora da área no ângulo de Martin Silva e marcou um golaço para a seleção.

Segundo tempo: Logo aos seis minutos, após pressão dos dois lados, Paulinho marcou de novo e colocou o Brasil na liderança do placar. Já aos 29, Neymar recebeu lançamento e marcou mais um golaço pro Brasil, agora por cobertura. No fim, Paulinho marcou o terceiro delo e fechou a goleada: 4 a 1 em grande estilo. Com a vitória, o Brasil chega aos 30 pontos contra 23 do Uruguai. Com 32 gols, o Brasil tem disparado o melhor ataque da competição. Tite se consagrou como o treinador que venceu mais partidas seguidas nas Eliminatórias.


jair-2_341884

Nesta segunda-feira (20), o talk show The Noite, apresentado por Danilo Gentili no SBT, contará com a participação do deputado Jair Bolsonaro.

Durante a entrevista, o apresentador questionará o parlamentar sobre seus planos de governo caso seja eleito em 2018, e sobre questões que envolvem seu nome, como a polêmica de sua conversa com o filho pelo Whatsapp.Ao longo do programa, assuntos como a exploração do nióbio brasileiro, corrupção, combate à violência, Trump, Dilma e Lula também serão levantadas.“Bote na mesma sala: eu, Lula e Dilma.

Aplique-nos a prova do ENEM. Se eu não tirar uma nota maior do que as dois juntos, eu não estou preparado (para a presidência) ”, compara-se, o deputado aos ex-presidentes do Brasil, durante a entrevista.


16238366

Marcelo Odebrecht, ex-presidente da empreiteira que leve seu sobrenome, afirmou em depoimento de delação premiada que discutiu um repasse de R$ 50 milhões ao senador Aécio Neves (PSDB-MG). O acordo teria sido firmado junto à construtora Andrade Gutierrez, após ambas as empresas vencerem um leilão para construir a hidrelétrica Santo Antônio, em Rondônia, em dezembro de 2007. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

A Odebrecht teria se comprometido a pagar R$ 30 milhões, enquanto o restante ficaria a cargo da Andrade Gutierrez, segundo depoimentos delatores. Eles não esclareceram, no entanto, se o rapasse foi efetivado, nem classificam o ato como pagamento de propina. No ano em que ocorreu o leilão da usina Santo Antônio, no rio Madeira, em 2007, Aécio estava no seu segundo mandato como governador de Minas Gerais e comandava um das empresas que integravam o consórcio que ganhou a disputa, a Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais).
A empresa de energia continua a ser controlada pelo governo de MG. Segundo o jornal, o tucano também mantinha influência sobre o principal investidor da usina, a empresa Furnas. Procurado, Aécio disse que é “absolutamente falsa” a acusação. “A licitação da obra da usina de Santo Antônio foi realizada pelo governo federal, sem qualquer influência do governo de Minas”, diz nota. Fonte: Notícias ao Minuto.

DORIA

Enquanto o PSDB não decide se vai disputar as eleições presidenciais de 2018 com o senador Aécio Neves (MG) ou com o governador Geraldo Alckmin (SP), uma opção alternativa vem ganhando força. O Movimento Brasil Livre (MBL) tem planos de fazer campanha para que o prefeito de São Paulo, João Doria, dispute a eleição pelo partido. A chapa já teria até vice: o prefeito de Salvador, ACM Neto. De acordo com o Estado de S. Paulo, dirigentes do MBL decidiram fazer campanha aberta pela candidatura de Doria, chegando a atacar Neves e Alckmin. Também segundo a publicação, tucanos afirmam que, por mais que Doria consiga apoio fora do partido, ele não terá votos suficientes dentro do PSDB para se viabilizar como candidato.


659448-970x600-1

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) espera a adesão de mais de um milhão de professores e profissionais da rede pública de ensino na greve nacional que será deflagrada na quarta-feira (15). A paralisação, que vai atingir todos os estados do país, inaugura um calendário intenso de mobilizações envolvendo centrais sindicais e movimentos populares contra a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 287/2016, que muda as regras da aposentadoria no país.

Apresentada ao Congresso Nacional pelo governo Temer, a medida estabelece idade mínima de 65 anos para homens e mulheres poderem se aposentar e ainda exige contribuição de 49 anos para que o trabalhador possa receber o valor integral do salário. Alguns benefícios também poderão ser desvinculados do salário mínimo, diminuindo o valor da aposentadoria ao longo do tempo.

Todas as 48 entidades filiadas à CNTE, que incluem sindicatos municipais e estaduais de professores, aprovaram a convocação da greve geral da categoria. A paralisação vai durar inicialmente 10 dias e, no dia 25 de março, o movimento vai avaliar a continuidade das mobilizações. Segundo Heleno Araújo, presidente da confederação, o movimento sindical e social como um todo, incluindo as maiores centrais e as frentes Brasil Popular (FBP) e Povo Sem Medo (FPSM), também promoverão atos contra a reforma da Previdência no dia 15.

“A meta é barrar essa reforma. Existe escola pública em cada bairro de cada município desse país. Vamos dialogar diretamente com a comunidade explicando a gravidade das mudanças que estão sendo propostas. Não tem final de semana nem feriado, estamos em uma verdadeira campanha, mas, dessa vez, para evitar um grave retrocesso”, explica.